♡ Yuri Kuma Arashi (ユリ 熊 嵐) ♡


 Finalmente terminei de assistir Yuri Kuma Arashi gao gao. Sim, são apenas 12 episódios, mas o último lançou semana passada e tava um inferno pra achar com legenda em português. Enfim, o que dizer desse super lindo mega ultra blaster lindo deuso maravilhoso kawaii desu gothic pale bearpunk sei lá mais o que anime? Muita coisa, pode ter certeza. É a perfeição.


 Yuri Kuma Arashi (algo como Tempestade de Ursas Lésbicas) é super louco, olhando superficialmente, mas é tão cheio de simbologias, deixando tudo tão lindo que to até chorando. A história começa quando um asteroide/planeta (depende da fansub) chamado Kumaria (que também é o nome de uma deusa para os ursos) explodiu e seus pedaços caíram na Terra, alterando o comportamento dos ursos. Sim, eles mudaram com uns pedaço de pedra. Os ursos começaram a andar com duas patas e passaram a caçar os humanos. Sendo assim, a sociedade divide o mundo dos ursos e o dos humanos com a Barreira de Divisão.




 Mas toda história se passa na Academia Arashigaoka, sendo a personagem principal Kureha Tsubaki, uma garota órfã de 16 anos que deseja se vingar dos ursos, porque sua mãe foi comida (?). Dentro da escola, há um grupo de garotas chamado Tempestade Invisível, que exclui todas as garotas que não estão de acordo com as suas regras. Até aí tudo normal (mais ou menos), porém as humanas descobrem que os ursos podem cruzar a Barreira e tomar a forma humana para comer garotas da escola. E aparentemente, Arashigaoka está infestada desses ursos.


 Dentre as ursas, duas se destacam por serem as mais novas, recentemente transferidas, Ginko Yurishiro e Lulu Yurigasaki. Ambas aparentam ter um interesse especial em Kureha, principalmente a Ginko. E como se não bastasse todo o perigo de ser comida, Kureha está na mira da Tempestade Invisível por ser considerada um Demônio (excluir é literalmente matar, ok?).


Atenção para spoilersssss

 Já nos primeiros episódios, começa a morrer gente. E é óbvio que não qualquer uma, mas a única amiga da Kureha, a Sumika Izumino, é comida por ursos. Isso só aumenta o ódio de Kureha pelos ursos, tiraram a mãe e agora a sua amiga. Mas então, Ginko e Lulu começam se aproximar dela, querendo amizade, Kureha não entende, pois qualquer amiga que ela faz está sujeita a ser alvo da Tempestade Invisível.


 Conforme a história vai rolando, começa uma suspeita de que Ginko não é tão desconhecida assim. Kureha e Ginko foram muito amigas na infância, mas a garota esqueceu. Lutando várias vezes para que a protagonista se lembre, no meio disso, há um livro que a mãe escreveu/desenhou para Kureha, Uma história sobre uma menina floresta e uma menina lua, que desejavam se encontrar, mas havia um espelho separando o mundo delas.

Fim dos spoilerssss


 Acredito que a coisa mais estranha, quando você começa a assistir, é o Tribunal da Divisão. Nele, há um juiz chamado Life Sexy, um promotor nomeado Life Cool e o advogado, Life Beauty. Ginko e Lulu passam pelo julgamento diversas vezes, pois é graças a ele que possuem a forma humana. Nele, elas são julgadas pelo seu amor, se é verdadeiro ou não e se vão desistir dele.


Interpretações


 Eu vou começar com as interpretações gerais, que muitos concordam. Apesar de toda história ser bem bizarra, ela representa o nosso mundo lidando com a homossexualidade feminina. As ursas seriam aqueles lésbicas assumidas e por isso são separadas do resto da sociedade. A Tempestade Invisível é a forma que a sociedade lida com essas pessoas, excluindo-as. Kureha lutar contra os ursos, é como se ela quisesse lutar contra sua sexualidade. E quem é "comido", é no sentido sexual mesmo, ou seja, é como se passasse a ser urso, ou de outra forma, morto para a sociedade.


 Já li em alguns sites, que o Tribunal da Divisão é a representação dos homens sobre o assunto. Life Beauty parece ser mais a favor dos ursos, porque é o único que acha isso "fofo". Life Cool vai a favor dos humanos, pois aparentemente, ser homossexual "não é legal", aka não é normal. Enquanto Life Sexy só vai a favor dos ursos quando considera aquilo sexy, como aqueles homens homofóbicos que adoram pornografia lésbica.


 Quanto a deusa, Kumaria-sama, eu nunca li nada sobre, mas acho que é como se fosse a aprovação divina da homossexualidade. 


 Enfim, espero que tenham gostado! Vale super a pena assistir, é bem romântico e força bastante a interpretação. Eu baixei os episódios aqui.
 

9 comentários:

  1. Cara, com sua resenha já fiquei curiosa. Eu sou curiosa pra acompanhar animes mas sempre acabo não terminando, já comecei a assistir Sailor Moon e Death note mas esqueço de assisti o resto haha
    Amei a resenha tbm <3
    Beijos
    http://maridbarbosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá ^/ te indiquei para responder uma tag <3
    Espero que goste *-*
    http://theworldbykoizumi.blogspot.com.br/2015/04/tag-thats-true.html

    ResponderExcluir
  3. Primeiro eu queria dizer que devorei sua análise! Amei muito e já baixei o anime pra ver. <3
    Adorei o fato de que o anime tem essa interpretação. Só queria perguntar uma coisa... o anime tem fanservice?
    E outra coisa, não sei se é meu monitor que é escuro, mas eu tô tendo MUITA dificuldade pra ler os títulos dos posts e dos gadgets. ):

    ♡ Otome TeaTime! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, que amor! Me deixa super feliz, até porque pouca gente conhece e eu to sem ter alguém pra conversar sobre esse anime :c
      Olha, eu acho que é porque ta escrito em branco e o fundo é muito claro, vou deixar mais escuro então <3

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...