Andrej Pejic


 Pela primeira vez vou começar um post falando o quanto estou decepcionada com vocês. O meu último foi sobre o Esdras, um garoto andrógino que tenho contato e para os níveis do blog, veio muita gente xingar ele e o androgenismo. De verdade, são esses tipos de leitores que eu tenho? Porque se for, eu vou excluir isso aqui. Não criei o meu blog para agradar ninguém, é verdade, mas também não criei pra alguns idiotas virem comentar xingando um garoto de 14 anos por se parecer com uma garota. Os comentários não foram os piores, foram até "leves" comparando ao que poderia ser, eu sei, mas isso não muda nada pra mim. O Glitter Punk celebra o que é alternativo, se você não, ninguém aqui está te obrigando a não fechar a aba e nunca mais voltar. Cada um tem sua praia. E foi por isso que eu decidi fazer um post sobre a modelo Andrej Pejic, uma das inspirações do Esdras.


 Andrej Pejic nasceu dia 28 de agosto de 1991, nascido em Bosnia e Herzegovina (sim, é o nome do país). Devido a uma guerra, a família imigrou para a Austrália, quando Andrej tinha oito anos, e assim a modelo ganhou nacionalidade australiana. Durante o colegial, ele foi descoberto como sendo um aluno brilhante. Há relatos de que havia gente interessado nela antes mesmo de completar 17 anos, quando trabalhava no McDonald's.


 Agora vamos esclarecer algumas coisas. Primeiro, Andrej tem os genitais masculinos, mas prefere que usem pronomes femininos para se referir a ela. Ela é muito linda e eu acho maravilhoso as grandes marcas estejam procurando cada vez mais belezas particulares como a Andrej, tudo passa a se tornar mais artístico. Segundo, andrógino não é a mesma coisa que travesti, nem gay ou qualquer outra coisa nada a ver, um dia faço um post explicando certinho. Andrógino é uma pessoa que tem a aparência de um ponto de equilíbrio de traços masculinos e femininos, usando as roupas definidas para os gêneros. Andrej desfila para a parte de mulheres e para homens, e para nomes como Marc Jacobs.


 Ele também fez uma aparição no videoclipe The Stars (Are Out Tonight) de David Bowie.


 Aqui também tem uma entrevista com ele quando veio ao Brasil:


 Espero que tenham gostado do post!

2 comentários:

  1. Arrasou sambou e deu na cara da sociedade homofóbica sem cultura, amo as parcerias.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...