8 bandas pós-punk


 Nessas últimas semanas, mostrei duas bandas favoritas, The Smiths e Joy Division, para um amigo meu e ele adorou. Pensando nisso, decidi pesquisar qual estilo musical que essas bandas têm em comum: pós-punk. Foi aí que decidi sair pesquisando bandas no estilo e descobri que amo. Hoje esse amigo me pediu para postar algumas que mais gostei de conhecer (ele pediu também para colocar Violent Femmes). Eis então a lista que fiz.


 Siouxsie and the Banshees



 Abrindo a longa lista de bandas pós-punk, está Siouxsie and the Banshees, a única do post que também mistura rock gótico. Não conheço muito, mas é um amorzinho. Formada em 1976 e encerrada vinte anos depois.

 Killing Joke



 Não conheço muito, mas adorei mesmo. Formada em 1978 (ativa até hoje) em  Londres, mistura pós-punk, new wave e rock industrial.

 Cabaret Voltaire



 É mais para um pós-punk industrial, mas amei. As músicas são um tipo de pré witch house e com o ar de novo romantismo, que surgiu por volta da década de 80. Cabaret Voltaire foi formada em 1974, na Inglaterra, mas chegou ao fim após 20 anos. O nome da banda surgiu a partir de um club suiço de mesmo nome.

 Gang of Four



 Uma banda inglesa (de novo) e um amorzinho. Misturando pós-punk e new wave, ganhou o meu coração. Foi formada em 1977 e permanece até hoje, ganhando fama por influenciar bandas como Franz Ferdinand.

 Violent Femmes



 Não é tããão pós-punk, já que mistura com rock alternativo, mas mesmo assim é lindinha. Conheci procurando LPs em uma loja e achei a capa do álbum (o primeiro, Violent Femmes) tão linda que decidi pesquisar depois (sério). A banda é americana (aleluia alguma banda que não é da Inglaterra) em 1982 e apesar de algumas reviravoltas, permanece ativa até hoje.

 Joy Division



 Não dá para deixar de fora o meu amorzinho e uma das maiores bandas pós-punk. Quem nunca ouviu Joy não sabe o que perde. A banda inglesa foi formada em  1976 e terminou em 1980, devido a morte do vocalista Ian Curtis. Admito que não gostei muito no começo, só tinha ouvido Unknown Pleasures (aquele álbum com uma capa linda que NÃO são montanhas) e tinha achado meio... sei lá. Mas então eu baixei Closer e Jesus aquilo me tocou, o álbum é uma maravilha vinda do céu (pelo menos pra mim, já que adoro música meio deprimente). Eu escolhi deixar aqui a música mais famosa deles, mas quem curtir recomendo A Means To An End.... na verdade, recomendo baixar a discografia (e cuidado para não se matar, risos).

 New Order



 Bom, após a morte de Ian, os ex-integrantes do Joy Division decidiram se unir e formar outra banda: New Order. Também é um tanto pós-punk, por isso entra na lista, mas misturada a vários outros estilos, como synthpop e rock alternativo. Demorei um tempão pra começar a ouvir, mas gamei logo de cara em Blue Monday.

 The Smiths



 É a minha banda favorita, simplesmente! Smiths é algo que você só vai saber realmente apreciar com o tempo, nem eu gostei muito na primeira vez que escutei. Só depois que ouvi This Night Has Opened My Eyes (minha música favorita) que comecei a amar. Para vocês terem noção, algumas letras são inspiradas em Lord Byron. A banda foi formada em 1982 (Inglaterra de novo), e apesar de ser mais indie rock, merece estar aqui pela influencia pós-punk. Em 1987, a banda terminou sem possíveis reuniões.


Um comentário:

  1. The Smiths, Joy Division, Cabaret Voltaire e Siouxsie and the Banshees ♥

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...