Gótico

 Todo mundo já ouviu falar na palavra gótico, não é? Seja tanto na moda quanto na música, ou até o período artístico da Idade Média. Mas eu vou falar do gótico quanto a moda, afinal o blog é sobre isso. Fiz uma pesquisa e encontrei mais de 20 variações de gótico! E sim, eu vou falar um pouco de todas elas, resumidamente. Mas mesmo assim, seria muita coisa, então vou dividir em duas partes, essa será a primeira.


 A subcultura gótica (chamada de Dark no início dos anos oitenta apenas no Brasil) é uma cultura que teve início no Reino Unido durante o final da década de 1970 e início da década de 1980, derivado também do gênero pós-punk. A subcultura gótica abrange um estilo de vida, estando ela associada diretamente a musica Darkwave/Gothic Rock, Pós Punk, Ethereal Wave, a estética (visual, moda e vestuário) com maquiagem e penteados alternativos (cabelos desfiados, desarrumados e desgrenhados) e uma certa bagagem filosófica e literária. A música se volta para temas que glamorizam a decadência, o niilismo, o hedonismo e o lado sombrio. A estética sombria se traduz na combinação de vestuário, desde death rock, punk, renascentista e moda vitoriana essencialmente baseados no Preto, em algumas vezes com adições lilas, roxo, carmesim.                                                                                                                                                                                                                                                                Wikipédia

 Depois dessa definição, vamos começar com o clássico: o Trad Goth.


 O estilo fashion conhecido como gótico começou nos anos 80, bem visivel em The Cure e Siouxsie and the Banshees. Já que se originou nessa época, no cenário underground, o estilo é marcado com uma influência do punk: jaquetas de couro, preto, maquiagem bem pesada, cabelos enormes, piercings e meia arrastão.


Cybergoth

        

 Cybergoths são um caso a parte. Apesar de serem considerados uma variação do gótico, eles sempre estão usando cores neon, amam um visual meio futurista, tecnologia e adoram músicas de um estilo nada a ver com o rock gótico original. Então por que são considerados uma variação do gótico? É algo meio incerto. Alguns dizem que é porque escutam Industrial (um tipo de música experimental variado do gótico), outros falam que é porque a letra de suas músicas é deprimente e profunda.


Gothabilly


 Gothabilly, para mim, não seria nem considerado uma tribo urbana de tão próximo que é ao Psychobilly, a única diferença são as cores. Originou-se a partir da junção de Rockabilly e Psychobilly, combinado com cores escuras. Bandas como Cult Of The Psychic Fetus e Vampire Beach Babes são citadas como seguidoras do estilo.


Pastel Goth


 É um estilo muito recente. Começou a se popularizar em redes como Tumblr, com as garotas Erica Nakao, Muderotic, Nikki Lipstick e Eva Pinkland, sendo citadas como as "criadoras" do estilo. A ideia é simples: misture coisas creppy (góticas) com coisas femininas, e cores pasteis com preto. É caracterizado por cabelos pasteis, visual meio anos 90, glamour, e "coisas fofas mas creppy".


Gothic Lolita



 Não, não estou falando do famoso livro de Vladimir Nabokov. O estilo Lolita é super popular no Japão, caracterizado por rendas, saias rodadas, decotes altos, anáguas, cabelos cacheados e um toque de ar infantil. A versão gótica não é diferente, só usa cores escuras.


Gótico ou Gótico Victoriano



O estilo adota a moda Victoriana e mistura com o estilo macabro, com influência de Edgar Allan Poe e Bram Stoker. O elementos que compõem a tribo são: rendas, casacos de pele, espartilhos e pele pálida.


Perky Goth


 É um estilo que poucos conhecem, pois aparenta ser algo mais a ver com a moda Cyber, devido às cores vivas (principalmente o rosa). Se você for comparar, parece Avril Lavigne na época do hit Girlfriend. Eles misturam coisas bonitinhas, elementos dos anos 80 e coisas do Halloween.


Tribal Goth


 Novamente, pouco conhecido, eu mesma nunca tinha ouvido falar. Basicamente, o estilo mistura as roupas usadas na dança do ventre com coisas góticas, nada mais que isso.


Mopey Goth


 É estilo mais comum que imaginamos ao ouvir a palavra gótico. São pessoas (geralmente adolescentes) que vivem escrevendo poemas, sem mostrar felicidade, adoram a solidão e só usam preto, ou cores bem escuras. São algo como o Emo, mas melhor.


J-Goth



 Todo mundo já ouviu falar de K-pop, após o sucesso Gangnam Style do cantor Psy, não é? E ainda, dá pra chegar a conclusão que os nomes J ou K mais alguma coisa, são o nome de algum estilo musical oriental (Coréia, Japão, China), certo? Então, o J-Goth não é nada mais, nada menos que a cultura japonesa (no caso J-Rock) com elementos góticos, chega a ser algo meio andrógino.

 Enfim, esse foi a primeira parte das variações do estilo gótico, espero que tenham gostado. Planejo fazer uma segunda parte futuramente.

2 comentários:

  1. quais as fontes seguras dessas informações?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é um post antigo, não me lembro exatamente. A partir de um site que citava diversas variações do estilo gótico, fui pesquisando uma por uma e selecionando as que eram mais curiosas e encontrava alguma coisa. Eu não fiz nada mais a fundo de nenhum estilo, apenas citei e coloquei algumas características, se algum dia eu queira fazer algo mais aprofundado sobre qualquer um desses, vou pesquisar melhor. Sei que falei coisas muito superficiais de cada um, mas é apenas para saber que eles existem.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...